Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Rocha da Pena - Salir - Loulé

por darasola, em 23.12.06

Este é um percurso pedestre marcado na zona de Pena, perto de Salir em Loulé. é um percurso muito interessante não só pelas características da zona, pois a Rocha da Pena é uma cornija calcária com cerca de 50 m de altura, cujo planalto atinge aproximadamente 2 km de comprimento. A altitude máxima é de 479 m. 

O percurso inicia-se junto a esta fonte: A fonte dos amuados.

Início do trilho. A subida inicial é um pouco acentuada.

Já no alto do planalto.

O trilho tem zonas onde é um verdadeiro "single-track" onde só é possível progredir em fila indiana.

Mas também existem zonas onde o caminho é muito mais largo.

Este Sítio Classificado possui algum património construído, de grande interesse, como sejam os dois amuralhamentos de pedra, existentes no topo da Rocha da Pena, que se julga remontarem à Idade do Ferro e que terão sido utilizados outrora como estratégia de defesa. No topo da Rocha da Pena, existe ainda uma gruta que é conhecida como o Algar dos Mouros, pois foi aí que estes se refugiaram aquando da reconquista de Salir por D. Paio Peres Correia.

Vista sobre o mar.

Do alto das paredes de calcário.

O marco geodésico existente lá no alto conhecido como Talefe (479m)

Regresso pela aldeia de Penina.

O  regresso faz-se lentamente e com o sabor de uma tarde bem passada...

Aqui fica o mapa do percurso.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O percurso de 18 km entre S. Bartolomeu de Messines e Vale Fuzeiros serviu para testar o troço da futura via algarviana .

Iniciou-se junto à Igreja Matriz local.

Seguiu pelas ruas locais.

Passámos pela casa de João de Deus, autor da Cartilha Maternal.

Depois acabámos por sair da vila e seguir ao longo da via férrea durante algum tempo.

Até chegar a este local onde um rio atravessa o caminho. Tivemos de voltar atrás porque mais adiante o caudal não permitia a travessia.

Acabámos por atravessar a linha de caminho de ferro por um túnel.

Do outro lado da linha, subimos pelo monte...

... até chegar à Ermida de Sant'Ana

onde azulejos relembram o combate de Sant'Ana .

Junto à capela é possível apreciar a vista onde se destaca o rio Arade .

O percurso surge a partir daí balizado com as marcações de PRs e desce até em direcção à barragem

Aqui o tempo passa devagar...

Espelho de água na barragem do Funcho.

Uma marca com flor de Esteva. Ainda não percebi a que corresponde, mas é já a 2ª que encontro em locais diferentes do Algarve.

No tronco desta azinheira, um javali deixou as suas marcas depois de chafurdar numa poça de lama.

Ao chegar ao final do percurso, ainda passámos diante de um produtor de caracóis, onde fomos acolhido com este original sinal.

O percurso termina em Vale Fuzeiros onde é possível observar alguns túmulos escavados na própria rocha.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Instagram


Siga o darasola no Instagram

Instagram

Copyrights

A reprodução de todo ou qualquer texto, fotografia ou conteúdo é expressamente PROIBIDA sem autorização por escrito do autor. A reprodução não autorizada é punida por lei. O eventual uso de conteúdos deste blog deve ser SEMPRE acompanhado da referência ao mesmo (de preferência com link). Para contacto: dar.a.sola@sapo.pt

Facebook



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2006
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D