Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Pela primeira vez juntei-me ao grupo Um par de botas para participar numa caminhada que juntou poesia, património histórico e pedestrianismo. O percurso consistiu em seguir o aqueduto do Mosteiro de Stª Clara, de Vila do Conde até à sua origem, no monte de Terroso, onde pudemos visitar a Cividade aí existente. Em seguida, o regresso seria ao longo da Ecopista da antiga linha de comboio Póvoa de Varzim até Vila Nova de Famalicão. A atividade teve a mais valia de várias pausas ao longo do percurso para declamar poesia.

17028570_0lbio.jpeg

 O aqueduto contava inicialmente com 999 arcos, cuja envergadura vai aumentando à medida que se aproxima do destino, e transportava a água desde uma nascente em Terroso, junto ao nicho de Stº António, para o Mosteiro de Stª Clara, em Vila do Conde. Foi construído entre 1705 e 1714 e atravessa as freguesias de Beiriz e Argivai, no concelho da Póvoa de Varzim.

Mosteiro de Stª Clara

Vista sobre a foz do rio Ave.

O grupo a juntar-se.

Várias perspectivas sobre o aqueduto junto à sua parte final.

Foto de grupo

Um curioso azulejo com o aqueduto em pano de fundo.

Em vários pontos, o aqueduto foi destruído para dar origem a estradas...

e auto-estradas.

O nicho de Stº António em Terroso.

Uma vista mais geral e, ao lado, o edifício ...

... da nascente que alimentava o aqueduto.

Visita à Cividade de Terroso.

Vista sobre o antigo castro.

Vista a partir do castro sobre o litoral.

Fomos descendo até encontrarmos a ecopista.

Os vestígios de outros tempos.

O estranho farol de Regufe que se encontra a mais de 600 m da praia, atrás de uma enorme linha de casas.

A partir daqui, bastou seguir a linha do metro até Vila do Conde.

 

Ficha técnica: 

Distância: cerca de 21 km

Tempo: sem registo

Tipo: circular

Dureza física: 2/5

Dificuldade técnica: 1/5

Beleza do Percurso: 3/5

Marcação: n/a

Informações sobre o percurso: n/a

Outros sites de relevo: n/a 

Panfleto oficial: n/a

Trilho GPX:

Ponto positivos: O mosteiro de Stª Clara, o Aqueduto (claro), a cividade de Terroso

Pontos negativos: A falta de manutenção do aqueduto nalgumas secções e algumas partes feitas por estada

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Instagram


Siga o darasola no Instagram

Instagram

Copyrights

A reprodução de todo ou qualquer texto, fotografia ou conteúdo é expressamente PROIBIDA sem autorização por escrito do autor. A reprodução não autorizada é punida por lei. O eventual uso de conteúdos deste blog deve ser SEMPRE acompanhado da referência ao mesmo (de preferência com link). Para contacto: dar.a.sola@sapo.pt

Facebook



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D