Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Deixo aqui um pequeno registo de um agradável (mas duro) regresso à Frecha da Mizarela, aquela que é a mais alta queda de água de Portugal continental.

A descida faz-se junto ao miradouro, primeiro seguindo a estrada que desce para a aldeia da Ribeira e depois seguindo pelo início do PR7.

Abandonando a estrada, o trilho segue para a esquerda, até que vira na direção oposta. Aí, basta abandonar o PR marcado e seguir sempre a descer por um trilho que é facilmente identificável.

Basta seguir o som da água até alcançar as várias lagoas que existem no fundo da queda de água.

A água convidava mesmo a um mergulho...

A vista do fundo da queda de água é sempre impressionante, no entanto com um mês de Outubro anormalmente quente, leito do rio Caima estava bastante abaixo do habitual e a queda de água não tem o caudal impressionante que tem durante o inverno.

Facilmente se pode ver as zonas que costumam estar cobertas de água.

É possível subir pelo lado direito da queda de água, bem junto à parede.

Existe um pequeno trilho que é perigoso, mas que permite a subida sem ser necessário material especial.

A subida é feita sempre entre a vegetação e a parede rochosa.

Olhando para trás, lá ao fundo corre o rio e as lagoas. Do lado esquerdo vê-se a estrada e o início do trilho e do lado direito fica o miradouro.

Olhando para Sudoeste, para onde corre o rio em direção ao mar.

Esta zona era até há poucos anos bastante arborizada, com belos pinheiros, no entanto infelizmente aqui também o fogo fez das suas.

A zona tem agora um aspeto um pouco desolador, com os vestígios dos pinheiros cortados deixados para trás. Esperemos que a natureza recupere depressa.

Pouco depois estavamos no planalto, junto a estrada e à ponte sobre o mesmo rio que se despenha serra abaixo.

O percurso é relativamente curso (cerca de 3km), mas tem diferenças de altitude bastante acentuadas e não é recomendável a pessoas com vertigens.

Boas caminhadas

darasola

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Hélder Melo a 05.01.2012 às 23:50

É uma zona muito bonita!
Fiz o PR7 em Setembro e adorei o percurso, bastante duro por sinal... Não fui até à queda de água, nem sabia que existia esse pequeno trilho para subir aí...
É pena mesmo a zona estar pouco arborizada devido ao incêndio, mas há-de recuperar...

Boas caminhadas!
Sem imagem de perfil

De Joao Rodrigues a 12.03.2016 às 19:24

Não é possivel partilhar track, se tiver? ;)

Comentar post



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Instagram


Siga o darasola no Instagram

Instagram

Copyrights

A reprodução de todo ou qualquer texto, fotografia ou conteúdo é expressamente PROIBIDA sem autorização por escrito do autor. A reprodução não autorizada é punida por lei. O eventual uso de conteúdos deste blog deve ser SEMPRE acompanhado da referência ao mesmo (de preferência com link). Para contacto: dar.a.sola@sapo.pt

Facebook



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D