Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Fafe - Barragem da Queimadela - PR4

por darasola, em 28.03.12

Fafe é conhecida entre os caminheiros como uma terra de bons trilhos a descobrir. Apesar de ter ido a Fafe mais do que uma vez, nunca tinha feito nenhum trilho local. como já ouvira falar bastante da Barragem da Queimadela, decidi aproveitar para conhecer a caminhar. Escolhi o PR4, um pequeno percurso de cerca de 3 km, mas o GPS marcou 4 km. Podem encontrar o panfleto da caminhada neste link.

O triho é chamado de trilho verde da marginal por ser um percurso circular à volta da barragem da Queimadela, um fantástico espelho de água.

O dia estava fantástico e desta forma o lago da albufeira era um verdadeiro espelho na água.

Iniciei o percurso junto ao paredão da barragem.

A vista a jusante da barragem.

O paredão e a água a escorrer.

Por aqui surge marcas de dois percursos: o PR4 e o PR11(Trilho dos apanha-pedrinhas)

O trilho surge logo a seguir ao paredão da barragem.

Vista sobre o paredão.

O dia era de inverno, mas só a vegetação nos revelava esse facto. Apesar de algum frio matinal, o sol brindou-nos com um belo dia.

Aqui os dois percurso separam-se. O PR4 segue pelo lado direito e o PR11 pelo lado esquerdo.

O reflexo na água parece uma pintura impressionista.

Pouco depois, o trilho abandona um pouco as margens da barragem e segue por um antigo caminho até um pequeno lugar, onde apenas existem algumas casas.

Belos espigueiros e a respetiva eira.

Sinais do passado.

Gostei da perpendicularidade das linhas das pedras da casa.

O caminho bifurca à direita e abandona este local.

Mais um espigueiro, mas desta vez, um renovado.

O trilho passa a ser relativamente estreito e adquire outro encanto.

Leva-nos à aldeia recuperada do Pontido.

A aldeia do Pontido é uma aldeia turística recuperada, onde tudo foi reconstruído com bom gosto.

Por ali corre o rio Vizela ainda com água límpidas e despoluídas.

Passar pelas ruelas da aldeia é mesmo muito agradável.

Placas informativas sobre o pisão e os seus moinhos.

É possível observar um moinho em funcionamento.

Trilho da saída da aldeia.

O trilho desce ligeiramente numa zona onde o piso é um pouco irregular.

Surge então uma escadaria improvisada para aceder a um patamar mais abaixo onde voltamos a encontrar as margens da barragem.

É possível apreciar uma bela queda de água formada pelo rio Vizela. De verão, o local deve ser propício a banhos.

A partir daqui segui por um passadiço de madeira bastante largo até ao parque de merendas.

Chegada ao parque de merendas.

Ainda e sempre a vista para a barragem.

A água é límpida a ponto de se ver as folhas no fundo.

Mais um ribeiro que vem desaguar à barragem.

É só subir as escadas para abandonar o parque de merendas e chegar à zona do parque de campismo.

Placard informativo com o esquema da barragem.

Por ali também passa o PR1 local. Facilmente se conclui que é uma zona de visita obrigatória deste concelho.

Chegada ao ponto de partida.

Tudo acaba onde começou.

 

Avaliação:

Marcações: Bom

Paisagem: Muito Bom

Dificuldade: Fácil

 

Boas caminhadas

darasola

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Instagram


Siga o darasola no Instagram

Instagram

Copyrights

A reprodução de todo ou qualquer texto, fotografia ou conteúdo é expressamente PROIBIDA sem autorização por escrito do autor. A reprodução não autorizada é punida por lei. O eventual uso de conteúdos deste blog deve ser SEMPRE acompanhado da referência ao mesmo (de preferência com link). Para contacto: dar.a.sola@sapo.pt

Facebook



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D