Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Localizado em Ul e abrangendo um pouco de Travanca, freguesias de Oliveira de Azeméis, fica o Parque temático molinológico local. A autarquia promoveu uma notável recuperação do local, com a recuperação e valorização dos antigos moinhos existentes no local, com objetivos culturais, pedagógicos e turísticos. O trabalho resultou numa zona muito agradável, com uma zona de merendas e um percurso pedestre de cerca de 3km, que liga os vários núcleos de moinhos e ainda a zona do antigo casto, onde foram encontrados vestígios de ocupação da época romana. Como se isto não bastasse, existe ainda uma padaria a funcionar no núcleo principal, onde podemos comprar o conhecido Pão de Ul, cozido em forno de lenha.

O percurso é circular e pode ser iniciado em vários locais (na altura iniciei o percurso junto ao núcleo principal), no entanto, deixo aqui a descrição a partir do primeiro ponto de acesso ao percurso.

Esse primeiro ponto é junto à Igreja Matriz de Ul. É possível deixar aí o carro, mas podem continuar de carro até ao núcleo principal (o que recomendo).

Caminho de acesso à zona do núcleo principal. A descida é íngreme, quer para o carro, quer para nós, mas com cautela (especialmente se a calçada estiver húmida, como era o caso).

Placa informativa sobre o núcleo principal.

Vista para a zona do núcleo principal e do parque de merendas.

Ali corre o rio Ul, que se encontra, infelizmente, num estado bastante poluído.

A travessia faz-se pela Ponte da Igreja, junto à qual existe também um moinho.

Placa informativa do moinho de Ponte da Igreja.

Aspeto do núcleo principal. Ali, para além da padaria já referida, existe um bar, um núcleo museológico e o parque de merendas.

Na parte superior do núcleo, surgem as placas com as marcações do percurso.

O trilho é essencialmente florestal, ligando os vários moinhos ao longo das margens do rio.

Chegada ao 2º núcleo...

... o núcleo dos moinhos de Adães, que têm a particularidade de serem para descasque de arroz.

A vista do núcleo para montante, onde se vê um outro moinho isolado.

O trilho continua ao longo do rio, passando por outros moinhos isolados.

As marcações pecam um pouco por serem pouco visíveis. Parece que já foram pintadas há bastante tempo, já que a vegetação quase as faz desaparecer.

Chegada ao local da ponte dos dois rios, onde o Ul e o Antuã se encontram.

Vista para jusante.

Vista para montante, onde se vê o local onde se juntam os rios.

O próximo núcleo de moinhos.

Continuação do trilho.

Mais um pequeno núcleo de moinhos: o dos dois rios.

Placa informativa.

A subida para a zona do Crasto. O núcleo desta zona fica do lado direito da ponte.

O rio Antuã.

Subida até à zona da igreja.

Alminhas da rua do Crasto. Aqui seguimos pela rua acima até à zona do crasto antigo.

Encontrámos os vestígios de escavações na zona do Crasto.

Mais uma escavação.

A partir daqui, voltámos pelo mesmo caminho até à igreja e dali descemos novamente até ao núcleo principal. Ainda tivemos a oportunidade de comprar uma bela regueifa e pão de Ul para forrarmos o estômago.

Para quem for de perto, este pequeno percurso é interessante e embora as paisagens não sejam deslumbrantes, o percurso ganha com a parte pedagógica da visita aos moinhos. Existe um site oficial que podem encontrar neste endereço: http://www.moinhosdeazemeis.com e uma página no facebook: http://www.facebook.com/parquemolino.

Deixo ainda o link do panfleto do mesmo percurso.

Boas caminhadas

darasola

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Instagram


Siga o darasola no Instagram

Instagram

Copyrights

A reprodução de todo ou qualquer texto, fotografia ou conteúdo é expressamente PROIBIDA sem autorização por escrito do autor. A reprodução não autorizada é punida por lei. O eventual uso de conteúdos deste blog deve ser SEMPRE acompanhado da referência ao mesmo (de preferência com link). Para contacto: dar.a.sola@sapo.pt

Facebook



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D