Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Finalmente a última etapa. Já não era sem tempo. Quase 1 ano e meio depois da primeira etapa, lá chegou a altura de concluir este percurso. Que fique claro para quem vier a ler este post sem saber do que se trata, este GR 28 é o percurso de Grande Rota (GR) que trilha grande parte do território do concelho de Arouca. Com cerca de 90 km, o percurso pode ser feito de uma assentada em 3 a 4 dias, contudo, por falta de disponibilidade e também por opção, decidiu-se fazer o GR em mais etapas. Esta última etapa começou onde tinha terminado a anterior, junto à estrada Arouca-Alvarenga, abaixo da povoação de Gamarão de cima, para seguir até ao alto da Senhora da Mó e terminar o percurso no centro da vila de Arouca, onde tudo tinha começado.

Ficam alguma fotos:

GR_7etapa_01.JPG

A vertente este do alto da Sra da Mó ficou completamente irreconhecível.

GR_7etapa_02.jpg

4,2 km até ao alto da Sra da Mó.

GR_7etapa_03.JPG

GR_7etapa_04.JPG

O caminho faz-se essencialmente por estradões de terra batida.

GR_7etapa_05.JPG

GR_7etapa_06.JPG

GR_7etapa_07.JPG

GR_7etapa_08.JPG

Na altura (maio) os montes estavam cobertos de cores da vegetação rasteira da serra.

GR_7etapa_09.JPG

GR_7etapa_10.JPG

GR_7etapa_11.JPG

GR_7etapa_12.JPG

Fizemos um pequeno desvio no percurso para ir até ao alto da capela da Sra da Mó. Não se percebe como é que este percurso não passa por aqui, deixando este ex-libris arouquense de fora do trilho.

GR_7etapa_13.JPG

As vistas para o vale de Arouca a partir da capela.

GR_7etapa_14.JPG

A singular capela da Sra da Mó.

GR_7etapa_15.JPG

O interior da capela.

GR_7etapa_16.jpg

Casa da florestal a caminhar a passos largos para a ruína.

GR_7etapa_18.jpg

Já à entrada da vila, a passagem pela pequena capela escondida de S. Pedro.

GR_7etapa_19.jpg

Um espigueiro imponente.

GR_7etapa_20.jpg

Capela de Stº António.

GR_7etapa_21.jpg

Câmara municipal de Arouca.

GR_7etapa_22.jpg

Convento de Arouca.

GR_7etapa_23.jpg

A (nova) praça Vasconcelos.

GR_7etapa_24.jpg

Passagem pelo parque Rainha Stª Mafalda.

GR_7etapa_25.jpg

Chegada ao largo entre o museu municipal e o largo da feira...

GR_7etapa_26.jpg

...onde está a placa que assinala o percurso.

 

Ficha técnica: 

Distância: cerca de 10 km

Tempo: 3h (+/-)

Tipo: linear

Dureza física: 3/5

Dificuldade técnica: 2/5

Beleza do Percurso: 2/5

Marcação: 4/5

Informações sobre o percurso: n/a

Outros sites de relevo: n/a

Panfleto oficial: n/a

Trilho GPX: Wikiloc darasola

Ponto positivos: Capela da Sra da Mó, centro histórico de Arouca

Pontos negativos: muito estradão de terra batida, o facto da capela da Sra da Mó não fazer parte do percurso

Autoria e outros dados (tags, etc)

Penúltima etapa do GR28, numa etapa que ligou a praia do Vau, onde tinha terminado a etapa anterior, atravessou a freguesia de Canelas até ao alto do Gamarão. O percurso cruza-se nalgumas partes com a rota do xisto - PR9 e por isso já é bem conhecido. Ficam os registos fotográficos:

GR28_6_01.JPG

Praia do Vau onde se cruza o GR28 e o PR9.

GR28_6_02.JPG

Na altura, as obras dos passadiços do Paiva ainda não estavam concluídas.

GR28_6_03.JPG

GR28_6_04.JPG

Caminhos florestais

GR28_6_05.JPG

O vale agrícola de Canelas.

GR28_6_06.JPG

GR28_6_07.JPG

Vista geral sobre Canelas.

GR28_6_08.JPG

Uma vivência rural : o corte da lã de uma ovelha.

GR28_6_09.JPG

Sinalética em conjunto.

GR28_6_10.JPG

GR28_6_11.JPG

Descida pela escadaria

GR28_6_12.JPG

A passagem na zona central do vale de Canelas.

GR28_6_13.JPG

Subida pelas escadinhas da Barroca.

GR28_6_14.JPG

GR28_6_15.JPG

Apenas em filinha se consegue passar nesta zona.

GR28_6_16.JPG

Chegada à zona da igreja de Canelas.

GR28_6_17.JPG

O grupo aproveitou para almoçar no local.

GR28_6_18.JPG

Continuou-se com a subida. Praticamente toda esta etapa foi a subir.

GR28_6_19.JPG

A casa dos Castanheiros

GR28_6_20.JPG

Já depois de sair de Canelas, numa zona florestal.

GR28_6_21.JPG

Chegada à zona do Museu das trilobites. O GR 28 era suposto passar junto ao museu e continuar monte acima, no entanto ao que parece devido a desentendimentos entre os donos e a autarquia, a sinalética do GR foi removida e o caminho foi barrado. Uma funcionária no local apressou-se a vir ao encontro do grupo e a dissuadir-nos de seguir pelo trilho original, relembrando que era terreno privado e que não devíamos (podíamos) seguir por ali.

GR28_6_22.JPG

A única alternativa possível é seguindo pela berma da estrada nacional 326-1. É uma solução perigosa já que é uma estrada sem passeio e com curvas de pouca visibilidade onde um acidente pode facilmente acontecer.

GR28_6_23.JPG

Depois de caminhar várias centenas de metros pela estrada, surge este caminho florestal à direita, pelo qual devemos seguir para voltar a encontrar o traçado do GR28.

GR28_6_24.JPG

Aspeto do caminho.

GR28_6_25.JPG

Neste local voltamos a encontrar o traçado do GR28.

GR28_6_26.JPG

Seguimos junto a este enorme prado verdejante. Este local é um ponto de referência quilómetros em redor, já que facilmente se consegue identificar desde a serra da Freita ou outros pontos em redor.

GR28_6_27.JPG

Vista para a serra do Montemuro.

GR28_6_28.JPG

Passagem pela aldeia de Gamarão de Cima.

GR28_6_29.JPG

Uma bela construção rural, com vistas fantásticas.

GR28_6_30.JPG

A antiga escola da aldeia foi transformada em escola de formação dos bombeiros voluntários de Arouca. É uma boa forma de continuar a servir a comunidade sem cair em ruínas.

 

Ficha técnica: 

Distância: cerca de 9 km

Tempo: 4h (+/-)

Tipo: linear

Dureza física: 3/5

Dificuldade técnica: 2/5

Beleza do Percurso: 3/5

Marcação: 4/5

Informações sobre o percurso: n/a

Outros sites de relevo: n/a

Panfleto oficial: n/a

Trilho GPX: Wikiloc darasola

Ponto positivos: Canelas e o seu casario, paisagens rurais e serranias, praia fluvial do rio Paiva, Praia do Vau, Museu das Trilobites de Canelas

Pontos negativos: n/a

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Instagram


Siga o darasola no Instagram

Instagram

Copyrights

A reprodução de todo ou qualquer texto, fotografia ou conteúdo é expressamente PROIBIDA sem autorização por escrito do autor. A reprodução não autorizada é punida por lei. O eventual uso de conteúdos deste blog deve ser SEMPRE acompanhado da referência ao mesmo (de preferência com link). Para contacto: dar.a.sola@sapo.pt

Facebook



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D