Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Trilho das Eiras (V. N. Famalicão)

por darasola, em 23.03.15

O trilho das Eiras é um percurso circular não marcado, que leva a percorrer o Monte das Eiras, uma área florestal a nordeste de Vila Nova de Famalicão. Percorre essencialmente estradões florestais, ligando alguns locais de interesse, nomeadamente do ponto de vista arqueológico e alguns miradouros naturais que permitem contemplar as paisagens em redor. Nesta zona do Monte das Eiras é possível encontrar um grande concentração de vestígios castrejos. Três castros de grandes dimensões ocupam toda a cabeceira do monte: o Castro de Santa Cristina, o Castro de Vermoim e o Castro das Eiras. Num planalto do monte, é também possível encontrar as 4 mamoas de Vermoim, bem como os vestígios do Castelo Medieval de Vermoim e a Calçada Medieval. Ficam as fotos do percurso.

Trilho_Eiras_Famalicao_01.JPG

Trilho_Eiras_Famalicao_02.JPG

Caminhos florestais junto a muros antigos.

Trilho_Eiras_Famalicao_03.JPG

Trilho_Eiras_Famalicao_04.JPG

Trilho_Eiras_Famalicao_05.JPG

Trilho_Eiras_Famalicao_06.JPG

Trilho_Eiras_Famalicao_07.JPG

Trilho_Eiras_Famalicao_08.JPG

Posto de vigia.

Trilho_Eiras_Famalicao_09.JPG

Um calvário com uma cruz de Cristo no meio da floresta.

Trilho_Eiras_Famalicao_10.JPG

Trilho_Eiras_Famalicao_11.JPG

Vestígios de danos do fogo.

Trilho_Eiras_Famalicao_12.JPG

As vistas sobre as serras em redor de Famalicão cobertas de névoas.

Trilho_Eiras_Famalicao_13.JPG

Painel informativo do Castro de Santa Cristina.

Trilho_Eiras_Famalicao_14.JPG

Infelizmente, se não fosse pelo painel informativo, nem saberia que ali havia vestígios castrejos, pois a vegetação cobriu tudo em redor.

Trilho_Eiras_Famalicao_15.JPG

Uma zona com uma vegetação diferente do habitual eucalipto.

Trilho_Eiras_Famalicao_16.JPG

Um prado enorme.

Trilho_Eiras_Famalicao_17.JPG

Trilho_Eiras_Famalicao_18.JPG

Um carvalho enorme.

Trilho_Eiras_Famalicao_19.JPG

O trilho passa junto a uma ruína de uma casa imponente.

Trilho_Eiras_Famalicao_20.JPG

A subida do percurso.

Trilho_Eiras_Famalicao_21.JPG

A primeira das mamoas da zona.

Trilho_Eiras_Famalicao_22.JPG

Trilho_Eiras_Famalicao_23.JPG

Trilho_Eiras_Famalicao_24.JPG

Aspeto geral da mamoa IV Mar-de-água.

Trilho_Eiras_Famalicao_25.JPG

Vista mais em detalhe.

Trilho_Eiras_Famalicao_26.JPG

Trilho_Eiras_Famalicao_27.JPG

Um marco com uma designação "SC" que não consegui perceber a que corresponde.

Trilho_Eiras_Famalicao_28.JPG

Trilho_Eiras_Famalicao_29.JPG

Mamoa III Mar-de-água.

Trilho_Eiras_Famalicao_30.JPG

Trilho_Eiras_Famalicao_31.JPG

A Mamoa II Mar-de-água.

Trilho_Eiras_Famalicao_32.JPG

Sinalética das mamoas.

Trilho_Eiras_Famalicao_33.JPG

Ainda deu para subir até ao alto das Eiras onde está o marco geodésico da zona.

Trilho_Eiras_Famalicao_34.JPG

No Alto das Eiras.

Trilho_Eiras_Famalicao_35.JPG

Um passagem estreita do percurso entre dois penedos imponentes.

Trilho_Eiras_Famalicao_36.JPG

Chegada à zona do Castelo de Vermoim. O castelo não passa de um aglomerado rochoso colocado num ponto estratégico, mas que faz lembrar uma fortificação.

Trilho_Eiras_Famalicao_37.JPG

A disposição das rochas fazem lembrar corredores e portas naturais.

Trilho_Eiras_Famalicao_38.JPG

No alto do monte, uma cruz domina a paisagem.

Trilho_Eiras_Famalicao_39.JPG

A vista lá do alto.

Trilho_Eiras_Famalicao_40.JPG

O bloco rochoso é impressionante.

Trilho_Eiras_Famalicao_41.JPG

O trilho segue então por uma calçada antiga.

Trilho_Eiras_Famalicao_42.JPG

Trilho_Eiras_Famalicao_43.JPG

Chegamos então a uma enorme zona de vinha, entre a qual se destaca o Palácio da Igreja Velha, uma imponente casa senhorial da zona.

Trilho_Eiras_Famalicao_44.JPG

Outra perspectiva da área do vinhedo, antes de prosseguir caminho até encontrar  início do trilho.

 

Ficha técnica: 

Distância: cerca de 10,5 km

Tempo: sem registo

Tipo: circular

Dureza física: 2/5

Dificuldade técnica: 2/5

Beleza do Percurso: 1/5

Marcação: n/a

Informações sobre o percurso: n/a

Outros sites de relevo: n/a

Panfleto oficial: n/a

Trilho GPX: wikiloc

Ponto positivos: aspetos arqueológicos do percurso (mamoas, vestígios castrejos)

Pontos negativos: percurso monótono, caminhos florestais, muito eucalipto

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Instagram


Siga o darasola no Instagram

Instagram

Copyrights

A reprodução de todo ou qualquer texto, fotografia ou conteúdo é expressamente PROIBIDA sem autorização por escrito do autor. A reprodução não autorizada é punida por lei. O eventual uso de conteúdos deste blog deve ser SEMPRE acompanhado da referência ao mesmo (de preferência com link). Para contacto: dar.a.sola@sapo.pt

Facebook



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D