Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Rota do míscaro - PR1 - Sátão

por darasola, em 31.08.17

Na companhia dos elementos do grupo ANDAR, desloquei-me a terras de Sátão para conhecer a Rota do Míscaro, o PR1 do concelho. O percurso pedestre liga vários pontos de interesse, entre os quais se destacam o Santuário de Nosso Senhor dos Caminhos, as margens do rio Vouga, bem como o Convento da Fraga e o Convento de Santa Eufémia. O percurso faz-se por caminhos florestais e campestres, sendo de lamentar que os quilómetros iniciais sejam pela berma de uma estrada local. O percurso ganharia muito se essa parte fosse eliminada e substituída por um trilho sempre junto ao rio. Seguindo rio acima, e contemplando as águas ainda límpidas e puras do Vouga, começamos a ver-se perfilar a meia encosta na serra da margem oposta o vulto do Convento da Fraga. O edifício está parcialmente em ruínas, mas pelo menos a igreja está recuperada e espero que o mesmo seja feito ao resto do edifício, pois o complexo é imponente e merece ser valorizado. O complexo está fechado, mas não é difícil imaginar como seria viver neste retiro espiritual, vendo o Vouga a correr. A partir do convento, invertemos o sentido da marcha e o trilho segue monte acima até alcançar o ponto mais alto do percurso no alto da Capela de S. Matias. O ponto de vista privilegiado permite admirar as belezas da paisagem em redor. O percurso pedestre segue então por uma descida algo íngreme até alcançar os campos rurais. Cruzamos uma zona de aveleiras, cujos frutos ainda se encontravam pela chão e chegámos então ao Convento de Stª Eufémia, onde demos por terminado o trilho. 

 Rota_miscaro_Satao_01.JPG

Igreja do Santuário de Nosso Senhor dos Caminhos

Rota_miscaro_Satao_02.JPG

As colunas em redor da igreja.

Rota_miscaro_Satao_03.JPG

Outra perspetiva do santuário.

Rota_miscaro_Satao_04.JPG

Os sinais do outono em redor.

Rota_miscaro_Satao_05.JPG

Uma via sacra foi esculpida nos penedos próximos da igreja.

Rota_miscaro_Satao_06.JPG

Um trabalho de escultura notável.

Rota_miscaro_Satao_07.JPG

Painel informativo do percurso pedestre.

Rota_miscaro_Satao_08.JPG

O trilho segue inicialmente ao longo da estrada local - a parte menos interessante do trilho.

Rota_miscaro_Satao_09.JPG

A primeira vista sobre o ria Vouga.

Rota_miscaro_Satao_10.JPG

O Vouga ainda é um pequeno ribeiro com águas puras e límpidas. Bem diferente daquele que conheço da zona do Baixo-Vouga.

Rota_miscaro_Satao_11.JPG

Sempre pela beira da estrada ao longo de quase 3 km.

Rota_miscaro_Satao_12.JPG

Finalmente, abandonamos a estrada e seguimos pelo meio dos campos.

Rota_miscaro_Satao_13.JPG

Ponte sobre o rio Vouga - uma mistura entre antigo e moderno.

Rota_miscaro_Satao_14.JPG

O trilho continua paralelo ao rio, que tem o leito ladeado de árvores.

Rota_miscaro_Satao_15.JPG

Um pastor e o seu rebanho.

Rota_miscaro_Satao_16.JPG

Seguindo pela zona florestal.

Rota_miscaro_Satao_17.JPG

Um antigo moinho junto a um ribeiro afluente do Vouga.

Rota_miscaro_Satao_18.JPG

Finalmente começamos a ver o edifício do Convento da Fraga.

Rota_miscaro_Satao_19.JPG

O Vouga e uma ponte antiga.

Rota_miscaro_Satao_20.JPG

Depois de cruzarmos o rio, seguimos em direção ao convento.

Rota_miscaro_Satao_21.JPG

Rota_miscaro_Satao_23.JPG

O promontório onde está situado o convento.

Rota_miscaro_Satao_22.JPG

O aspeto da igreja do Convento da Fraga. A igreja está em bom estado, infelizmente não foi possível ver o seu interior por estar fechada.

Rota_miscaro_Satao_24.JPG

São 3.2 km por trilhos florestais até à capela de S. Matias.

Rota_miscaro_Satao_25.JPG

Rota_miscaro_Satao_26.JPG

O miradouro do alto da serra e um painel leitor de paisagem.

Rota_miscaro_Satao_27.JPG

A capela de S. Matias erigida sobre um penedo enorme, virada para oeste.

Rota_miscaro_Satao_28.JPG

Rota_miscaro_Satao_29.JPG

Seguindo serra abaixo.

Rota_miscaro_Satao_30.JPG

Cruzamo-nos com sinalética de setas amarela. Seriam marcações do Caminho de Santiago do Caramulo ao Vale do Vouga?

Rota_miscaro_Satao_31.JPG

Avelãs no caminho.

Rota_miscaro_Satao_32.JPG

Por caminhos rurais.

Rota_miscaro_Satao_33.JPG

Avistamos então o Convento de Santa Eufémia.

Rota_miscaro_Satao_34.JPG

O percurso terminou aqui por questões práticas e o autocarro estava à nossa espera.

Ficha técnica: 

Distância: o percurso total tem 18 km, mas apenas fizemos cerca de 15 km

Tempo: 5h (+/- com paragens para fotos e almoço)

Tipo: circular

Dureza física: 2/5

Dificuldade técnica: 2/5

Beleza do Percurso: 3/5

Marcação: 5/5

Informações sobre o percurso: aqui

Outros sites de relevo:

Panfleto oficial: aqui

Trilho GPX: Wikiloc

Ponto positivos: edifícios dos conventos, rio Vouga

Pontos negativos: a parte feita no asfalto

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Instagram


Siga o darasola no Instagram

Instagram

Copyrights

A reprodução de todo ou qualquer texto, fotografia ou conteúdo é expressamente PROIBIDA sem autorização por escrito do autor. A reprodução não autorizada é punida por lei. O eventual uso de conteúdos deste blog deve ser SEMPRE acompanhado da referência ao mesmo (de preferência com link). Para contacto: dar.a.sola@sapo.pt

Facebook



Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D