Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

Via algarviana IV - Vaqueiros Furnazinhas

26.02.07 | darasola

Esta nova etapa da Via Algarviana iniciou-se em Vaqueiros (concelho de Alcoutim)

O ponto de encontro era a igreja matriz.

Umas belas fotos de cegonhas junto à igreja.

O percurso seguiu na parte inicial direcção nordeste, percorrendo um Percurso marcado (PR7) em direcção a Ferrarias.

Travessia de ribeira.

Não foram muitas as amendoeiras em flor, mas esta estava simplesmente espectacular. Mereceu fotos de toda a gente...

Pouco depois abandonámos o percurso marcado e virámos direcção sudeste.

A flor de Esteva. Também (ainda) não havia muitas em flor, mas mesmo assim, aqui e ali, iam pontuando de branco a paisagem monotonamente verde e castanha...

Outro tipo de vegetação muito presente no percurso, para além das Estevas, era o pinheiro.

Num determinado momento, o percurso passa por uma reserva de caça, cercada por portões. Pelo que me foi dito, o caminho é público e podemos passar. De qualquer forma, os portões estavam abertos.

Esconderijos para os caçadores esperarem as suas presas.

Chegada à aldeia de Malfrades.

Um tapete de cores primaveris

Um forno antigo no meio da localidade que atravessámos.

Um outro ribeiro, quase seco, por onde passámos.

Plantações de pinheiros, uma paisagem dominante ao longo do percurso.

A primavera cada vez mais a dar sinal de si... As andorinhas também lá andavam.

 

Mais cores, mais flores...

Um cavalo a pastar junto a aldeia de Balurquinho.

No mesmo local, um velho moinho, sinal de outros tempos...

Chegada ao Monte das Preguiças.

Um pequeno lago, coberto de flores aquáticas.

Outra perspectiva do mesmo lago.

Esta altura do ano é mesmo ideal para este espéctaculo de cores.

Um pouco mais adiante, parámos para almoçar. A vista era esta.

Descendo até ao lago, mais flores aquáticas.

O Algarve não é mesmo só praia!

Tantas serras... Lá no horizonte, por detrás disto tudo, ficam as praias...

Perto da Eira das cevadas, uma vegetação ligeiramente diferente.

Montes de abelhas pousadas nestas flores.

Aproximando-nos do Cerro pelado, já faltava pouco e os meus pés já se queixavam (muito)...

Esta estava morta, mas, pelo caminho, perto do Monte das Preguiças, avistámos uma bem viva. Fugiu logo para um buraco. Que pena! Não quis aparecer na foto...

Junto a este parque de merendas, virámos à esquerda, por um pequeno caminho tradicional que desce até à aldeia.

O tal caminho.

Furnazinhas à vista.

Um pormenor de uma porta de uma casa da aldeia.

 Um aspecto da casa de turismo rural existente na zona. refira-se que o acolhimento foi muito bom, pois tínhamos uma verdadeira comitiva presidencial à nossa espera. Fomos recebidos no centro de interpretação de Furnazinhas, onde nos foi dada uma verdadeira aula de geologia e geografia. Muito interessante sem dúvida!

Um bom passeio, mas um pouco puxado. 19 km. Os meu pés sofreram...

Boas caminhadas

Darasola

PR1 - Manhouce - S. Pedro do Sul

23.02.07 | darasola

O passeio iniciou-se já um pouco tarde (4 da tarde) no centro de Manhouce, junto ao placard informativo do percurso.

É curioso que em Manhouce todas as casas e ruas possuem umas pedras com a inscrição do nome.

Muito perto de Manhouce decorria neste dia o Portugal Orientation Meeting com atletas de vários países e uma logística impressionante.

Travessia de um riacho numa pequena ponte de pedra.

Os socalcos típicos da zona.

 

As processionárias na sua aventura em filinha indiana. Chegou a altura das alergias. Ainda gostava de saber para onde é que elas vão assim, todas seguidinhas, em fila.

Ludo - Faro

12.02.07 | darasola

Este local fica junto ao início da pista do aeroporto de Faro, na estrada que liga à Ilha de Faro.

Fica em plena Ria Formosa, uma paisagem fantástica com uma riqueza de fauna enorme.

A vegetação é típica da zona de sapal.

O campo de golfe da Quinta do Lago. A passagem por este local obriga a cuidados redobrados com as bolas de golfe voadoras :-D

Quinta do lago e campo de golfe de outra perspectiva.

A Fauna - Ave de rapina

O próprio condomínio da Quinta do lago delimitou percursos com postes de madeira com cores diferentes: o trilho amarelo

O trilho azul. É frequente encontrar turistas ingleses a desfrutar da paisagem e da calma da zona.

Pântanos

A ponte de madeira que liga a Quinta do Lago à praia e permite a travessia do sapal.

No fim da ponte, um passadiço de madeira e o restaurante Gigi .

Praia do Gigi .

A Fauna 2

O Ludo fica mesmo junto ao aeroporto de Faro. É pena que a calma da zona seja por vezes perturbada pelo zumbido dos aviões. Mas é sempre impressionante ver aquelas toneladas todas a levantar voo.

Um barco abandonado, retrato da passagem do tempo e dos efeitos da maresia...

Blogs Portugal