Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

Trilho do Barril - Tavira

26.03.07 | darasola

Um percurso diferente... Uma caminhada até à praia.

Em Tavira, na localidade de Pedras D'el Rei existe um trilho que conduz até à praia do Barril.

A particularidade é que não existe acesso de carro até à praia já que a mesma se situa na ilha de Tavira.

É necessário atravessar por esta ponte para chegar à ilha.

Existe um pequeno comboio que leva as pessoas (leia-se turistas ingleses predominantemente) pela módica quantia de 1€ (xisssa!)

O trilho é tão agradável que andar de comboio é quase um crime.

O trilho situa-se em plena reserva da Ria Formosa.

Existem informações diversas sobre a fauna e flora envolvente.

O outro cais de embarque.

Nesse dia decorria o festival de papagaios / kytes, que coloriam o azul límpido do céu.

Chegada à praia.

Existe um "cemitério de âncoras" que cria um cenários fantástico.

Sem dúvida um trilho que vale a pena percorrer. É relativamente pequeno cerca de 2.5km para cada lado. A beleza e a calma da zona são fantásticos.

Serra da Freita - Nascente Rio Caima - Arouca

21.03.07 | darasola

Mais um pequeno passeio domingueiro na sempre espectacular Serra da Freita. Início na paragem de autocarro junto ao cruzamente Manhouce, Vale de Cambra, Arouca.

Direcção Manhouce por estrada e um pouco mais adiante virámos para Norte para o planalto da Freita.

Descida até à zona da nascente do rio Caima.

Junto à nascente, existe uma zona protegida devido aos exemplares unicos de turfas.

O rio Caima nasce assim...

Vestígios de algum animal? Uma vaca? Será que anda por aqui algum lobo? Um lobo mau?! :-)

A raça Arouquesa... Bons bifes a pastar!

Cruzamento do rio Caima com o caminho que atravessa o planalto.

Pequena ponte sobre o Caima.

Seguimos parte do PR15

A travessia neste local numa ponte de madeira é bastante engraçada.

Uma forma de passar os muros que delimitam as propriedades sem os destruir.

Chegada a Albergaria da Serra, sempre seguindo o rio Caima. Podem ver um pequeno moinho à direita.

Albergaria da Serra.

Junto ao cemitério, virámos à esquerda, por este caminho para regressar ao ponto de partida.

Um ponte muito mais antiga do que a outra. A paisagem é muito pitoresca.

O percurso foi de aproximadamente 7km e a altimetria muito reduzida.

Boas caminhadas

Darasola

 

 

S. João de Valinhas - Stª Eulália - Arouca

05.03.07 | darasola

O tempo não estava para grandes caminhadas, por isso acabámos por dar uma pequena volta próxima de Arouca. Decidimos ir para Stª Eulália, freguesia de Arouca, para a zona de S. João de Valinhas. Iniciámos o percurso perto da Igreja de Stª Eulália e fomos em direcção ao monte que se situa a Norte.

O caminho é um dos melhores "single-track" da zona para o BTT.

Chega-se a uma zona que era de uma antiga quinta, entretanto abandonada, onde ainda subsistem alguns vestígios da ocupação e actividade rural.

O resto do edifício da casa do lagar.

Chegados ao alto do monte, surge este monte de pedras. Este é um local onde são frequentemente feitas escavações arqueológicas, visto existirem nesta zona vestígios arqueológica de uma ocupação antiga (já não sei ao certo de que época)

Do cimo das tais pedras, a vista dobre o vale de Arouca e da Srª da Mó é esta!

Aventureiros(as) a desbravarem caminho...

Vestígios das escavações arqueológicas.

Este caminho que passa junto ao cruzeiro, leva-nos pelo tal "single-track" até ao local da partida.

Logo junto às escavações, escondida entre pedras e vegetação, fica a tal capela de S. João de Valinhas.

Um local curioso para se encontrar uma capela, mas sem dúvida um local óptimo para relaxar.

Seguimos monte-abaixo até encontrar novamente a estrada.

Uma marcação no chão??? Ou será que as latas de tinta viraram aqui :-D Pelo menos, é difícil perdê-la. Este percurso foi há cerca de dois anos atrás definido como uma rota PR de Arouca, no entanto, por razões que me escapam, nunca chegou a ser bem homologado e caiu em desuso. É pena...

A primavera a despontar...

De regresso à estrada, virámos à direita (oeste) até encontrar o local de partida. Mas antes de lá chegarmos, ainda passámos por esta capela privada que se avista junto à estrada. Quase que dava para criar um percurso da rota das capelas. Uma ideia, quem sabe...

Boas caminhadas

Darasola

Blogs Portugal