Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

Trilho da Calcedónia - Gerês

11.01.07 | darasola

Este percurso foi um desejo amadurecido ao longo duns meses. Conheci a famosa fenda da Calcedónia por um colega de trabalho, no entanto nunca tinha ouvido falar dela (até parecia mal). Mas decidi que havia de conhecê-la assim que pudesse. O problema é que nunca podia .

Mas este verão, aproveitei as férias para tirar uns dias no Gerês e conhecer finalmente a Fenda da Calcedónia.

Sai do parque de campismo de Campo de Gerês e segui por estrada.

Cheguei ao marco da "Geira Romana" a antiga estrada que ligava Bracara Augusta à Galiza e continuei em direcção a Covide. No entanto, esta acabaria por ser uma opção errada pois, por esse lado, as marcações do percurso são pouco claras e ainda andámos um pouco perdidos. O mais fácil é virar à esquerda no cruzamento do marco.

Mais um marco da Geira Romana

A partir daqui começava a subida...

Estava tanto calor, e esta água estáva mesmo a pedi-las...  mas nao podia ser porque o percurso ainda estava no início...

A meio da subida, a vista sobre a zona de Covide é assim! Fan-tas-ti-ca!!!

O trilho quase não se vê com tanta vegetação, mas apesar de não parecer, nesta zona é fácil encontrar o caminho.

Mais uma perspectiva!

Quase chegados ao cimo!

Indicação junto à famosa fenda.

Cá está ela! A famosa fenda da Calcedónia.

É realmente uma coisa impressionante! Sentimo-nos pequenos perante a dimensão dos feitos da natureza. Espectacular!

Fotos tiradas do interior da fenda.

Chegados ao cimo do monte a vista domina o Gerês!

Já na descida, encontrámos rochas com aspectos curiosos...

Existe um bebedouro para os animais com um aspecto muito rústico na descida, quase a chegar à estrada. Soube muito bem aproveitá-lo para nos refrescarmos do calor torrido desse dia.

Já na descida pela estrada que nos levaria de volta ao cruzamento do marco da Geira romana do início do percurso. O percurso foi duro: aproximadamente 20 km, muito calor e um desnível muito acentuado no início que deu cabo das forças do pessoal. No entanto, toda a gente adorou! Um espéctaculo que recomendo.

Boas caminhadas

Darasola

Blogs Portugal

6 comentários

Comentar post