Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

Rota das Tormentas - PR 5 - Arouca

28.08.07 | darasola

Mais um dos PR de Arouca. Alguns amigos nunca tinham feito este percurso, então, aproveitando as férias, fomos percorrer o PR5 - Rota das Tormentas.

O percurso começa na aldeia de Silveiras...

...junto à capela.

O percurso é linear e tem aproximadamente 8 km. No entanto, percorrê-lo num e noutro sentido é um bocado puxado devido ao desnível acentuado do mesmo.

A partir da aldeia, o percurso desce até cruzar uma pequena linha de água que estava seca nessa altura).

Depois inicia-se uma subida bem acentuada, onde algum do pessoal começou a sentir os efeitos do calor e do próprio terreno.

Ao longo do percurso é possível encontrar bastante tomilho.

A continuação da mesma subida. O grupo já se tinha separado em dois.

As marcações neste percurso deixam um pouco a desejar. Por duas ou três vezes, foi necessário andar a "apalpar" terreno para encontrar o caminho correcto.

A vista é magnífica! No horizonte, a serra de Montemuro.

A aldeia de Cortegaça. Iríamos descer até à aldeia, atravessá-la e continuar pelo caminho que se vê na parte esquerda da foto.

 

Já depois de passar Cortegaça, em direcção a Meitriz .

Depois deste caminho que sobe ligeiramente, chegámos a uma estrada.

Na foto, em pano de fundo, a serra que tivemos de descer até chegar a Cortegaça.

Esta é a vista a partir da estrada.  O caminho aqui está muito mal marcado mas devemos continuar pela serra abaixo. Ainda se distingue pela vegetação, no entanto para ajudar quem o o quiser percorrer, podem seguir (mais ou menos) os postes da linha telefónica.

A descida a partir da estrada. A partir daqui o caminho está em muito más condições. O tojo está enorme e não permite descer sem umas boas arranhadelas nas pernas. É muito lamentável encontrá-lo assim. Foi mesmo bastante penoso continuar o caminho visto que estávamos todos de calções devido ao calor. Se as autoridades competentes (câmara municipal de Arouca ou junta de freguesia) nada fizerem para o ano será um percurso impraticável.

A vista de Meitriz .

O rio Paiva onde o percurso faz uma curva. É um excelente local para tomar banho.

Chegada ao estradão de terra que serve de acesso aos carros para Meitriz .

As pernas todas arranhadas de uma das caminhantes. Muito mau mesmo!

Passagem pela aldeia de Meitriz ...

...onde um lindo cavalo espreitava a nossa passagem.

A partir de Meitriz até chegar ao rio, o percurso passa por caminho de acesso a campos.

Chagada à ponte de Meitriz sobre o rio Paiva.

O banho no final do percurso foi retemperador. O que vale é que tínhamos um carro à nossa espera para o regresso porque não queria nada ter de sujeitar-me a fazer o percurso de regresso.

O mapa do percurso.

O gráfico de altimetria .

Boas caminhadas

Darasola

Blogs Portugal

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.