Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

Ilha de Ons - Rias Bajas - Galiza

07.05.16 | darasola

A ilha de Ons é uma pequena ilha ao largo da ria de Pontevedra, que faz parte do arquipélago de Ons e das ilhas da Rias Bajas, que constituem o parque nacional marítimo terrestre das ilhas atlânticas da Galiza . Depois de ter conhecido as ilhas Cies, fiquei com muita vontade de conhecer igualmente esta ilha. Na ilha de Ons existem 4 percursos pedestres assinalados por cores:

- o itinerário 1 (verde) percorre a zona sul da ilha (2h30 tempo médio)

- o itinerário 2 (azul) percorre a zona norte da ilha (3h tempo médio)

- o itinerário 3 (amarelo) percorre a zona central da ilha e vai desde o cais de embarque até ao alto do farol (1h30 tempo médio)

- o itinerário 4 (vermelho) e muito pequeno e leva a descobrir a zona do povoado central da ilha (40 min tempo médio)

Acabei por combinar os dois maiores percursos para conhecer a maior parte da ilha de sul a norte. As grandes diferenças relativamente às Cies são que esta ilha tem um povoado bem maior, as praias são mais pequenas e em menor número. Não são tão bonitas como as Cies, mas tem algumas paisagens encantadoras e a praia de Melide tem águas de um azul turquesa que faz lembrar o Caribe, não fosse a temperatura da água ser bem fria.

Ilha_Ons_01.JPG

Cais de embarque e porta de entrada da ilha

Ilha_Ons_02.JPG

Ilha_Ons_03.JPG

Rua principal da aldeia

Ilha_Ons_04.JPG

A igreja local

Ilha_Ons_07.JPG

Sinalética dos percursos: verde / amarelo

Ilha_Ons_08.JPG

Ilha_Ons_09.JPG

Um espigueiro típico da Galiza

Ilha_Ons_10.JPG

Uma nascente de água doce na ilha

Ilha_Ons_11.JPG

Em direção ao Buraco do Inferno e ao Mirador de Fedorentos

Ilha_Ons_12.JPG

Ilha_Ons_13.JPG

Miradouro de Fedorentos. Deve o seu nome a enseada abaixo onde se acumula matéria orgânica como algas e outras coisas trazidas pelo mar, que começam a apodrecer e a criar o mau cheiro. O tempo estava fechado e não se via nada.

Ilha_Ons_14.JPG

A ilha de Onza fica mesmo em frente, mas não dava para avistar.

Ilha_Ons_15.JPG

Ilha_Ons_16.JPG

Vista superior para o buraco do inferno, uma gruta tipo algar que comunica com o mar. Não se consegue ver o fundo, mas ouve-se a fúria das ondas no seu interior.

Ilha_Ons_17.JPG

Para ter uma noção da escala.

Ilha_Ons_18.JPG

A gruta onde se ouve as ondas a bater.

Ilha_Ons_19.JPG

Depois de ter chegado à ponta sul da ilha, seguimos para norte.

Ilha_Ons_20.JPG

Ilha_Ons_21.JPG

Chegada ao farol da ilha de Ons.

Ilha_Ons_22.JPG

Ilha_Ons_23.JPG

Chegada à Ponta do Castelo.

Ilha_Ons_24.JPG

A vista para a praia de Melide.

Ilha_Ons_25.JPG

A praia é nudista e a informação está em todo o lado para ninguém ficar surpreendido.

Ilha_Ons_26.JPG

Chegada à praia de Melide.

Ilha_Ons_27.JPG

Vista da praia.

Ilha_Ons_28.JPG

As águas são de um azul turquesa fantástico.

Ilha_Ons_29.JPG

Fomos brindados com a presença de um corvo marinho que esteve quase uma hora na praia a secar as asas.

Ilha_Ons_30.JPG

A fim da tarde, já era possível ver as ilhas Cies a sul.

Um excelente percurso para descobrir mais uma beleza da Galiza.

Boas caminhadas

darasola

Blogs Portugal