Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

Las Médulas - León - Espanha

22.10.18 | darasola

"Las Médulas" é o nome de uma pequena povoação situada a alguns quilómetros de Ponferrada, na Província de León. Situa-se em plena rota do Caminho de Inverno para Santiago de Compostela, mas não é por isso que é conhecida. Esta zona tem um património natural e histórico tão rico que lhe valeu a distinção de ter sido declarada Património da Humanidade em 1997.

O motivo para tal é a existência de uma das maiores explorações mineiras de ouro da época romana, que deu lugar a uma paisagem única onde se destacam formações alaranjadas enormes, a fazer lembrar as termiteiras gigantes. Com recurso a um processo rudimentar de escavação conhecido como - ruina montium - , os romanos abriam pequenos poços e galerias no antigo monte Medilianum, para onde encaminhava o curso de rios que iam desviando. A força das águas iam erodindo as falésias, que ruíam e permitiam fazer a lavagem dos sedimentos, revelando o metal precioso procurado. Essa atividade modelou a paisagem natural, dando um aspeto único e inconfundível.

Existem vários percurso pedestres no local que permitem descobrir toda esta região. Optámos por uma mistura de dois percursos a "Senda Perimetral" e a "Senda de las Valiñas" para podermos descobrir alguns dos pontos mais emblemáticos como as cavidades gigantes de La Cuevona e La Encantada e ainda o mirador de Orellan. Tivemos a sorte de apanhar o pôr-do-sol no alto do miradouro de Orellan e fomos brindados com toda a magia do momento, com a luz natural a pintar (ainda mais) as falésias de tons alaranjados. A época da visita - o Outono - também foi a ideal, pois apanhamos os bosques de castanheiros com as mesmas tonalidades de outono, e ainda com o bónus das castanhas.

Las_medulas_01.JPG

Painel informativo do percurso da Senda Perimetral junto ao estacionamento.

Las_medulas_02.JPG

Café/Taperia alusivo ao Caminho.

Las_medulas_03.JPG

Centro interpretativo de Las Médulas. Como já estávamos com o tempo contado, não deu para ir visitar.

Las_medulas_04.JPG

Marco do Caminho de Santiago.

Las_medulas_05.JPG

Um antigo lavadouro no centro da aldeia.

Las_medulas_06.JPG

Bifurcação para os vários percursos.

mapamedulas.jpg

 Esquema dos percursos existentes.

Las_medulas_07.JPG

O curioso aspeto da igreja da aldeia.

Las_medulas_08.JPG

O curioso campanário destaca-se, com os cumes em pano de fundo.

Las_medulas_09.JPG

Seguimos pelo trilho por entre castanheiros.

Las_medulas_10.JPG

As elevações em terra ocre são realmente imponentes e fora do vulgar.

Las_medulas_11.JPG

As sombras já se prolongavam à medida que o sol ia descendo no horizonte.

Las_medulas_12.JPG

Verde e laranja (embora as fotos tenham saído com uma cor estranha...)

Las_medulas_13.jpg

Por onde quer que se olhe, o destaque vai sempre para as "torres alaranjadas".

Las_medulas_14.jpg

Las_medulas_15.JPG

O "monstrengo".

Las_medulas_16.JPG

Las_medulas_17.JPG

O curioso aspeto de uma parede de uma das torres.

Las_medulas_18.JPG

Paisagem de Outono.

Las_medulas_19.JPG

A entrada de La Cuevona, uma cavidade gigantesca numa das torres.

Las_medulas_21.JPG

Las_medulas_20.JPG

Vamos à próxima.

Las_medulas_22.JPG

Las_medulas_23.JPG

Uma das cavidades de uma galeria escavada na montanha.

Las_medulas_24.JPG

Esquema ilustrativo da técnica ruina montium usada para encontrar o ouro.

Las_medulas_25.JPG

Las_medulas_26.JPG

Las_medulas_27.JPG

Troncos de castanheiros centenários.

Las_medulas_28.JPG

Fim de tarde de outono.

Las_medulas_29.JPG

Iniciámos então a subida para o alto do miradouro de Orellán, por entre um souto de castanheiros novos. Uma curiosidade: o sinal a pedir para não apanhar castanhas.

Las_medulas_30.JPG

Las_medulas_31.JPG

Las_medulas_32.JPG

A paisagem parece uma pintura de outono.

Las_medulas_33.JPG

Las_medulas_34.JPG

Chegados ao alto, pudemos finalmente contemplar a magnificência da beleza do local.

Las_medulas_35.JPG

Um verdadeiro postal de outono.

Las_medulas_36.JPG

Las_medulas_37.JPG

Las_medulas_38.JPG

A plataforma do miradouro de Orellán.

Las_medulas_39.JPG

Las_medulas_40.JPG

Na encosta em frente, a cavidade acolhe pessoas que atravessam a galeria de Orellán para admirar a perspetiva desta balcão muito especial. Infelizmente, quando chegámos lá, o horário da última visita já tinha passado.

Las_medulas_41.JPG

Las_medulas_42.JPG

Já na descida para regressar pelo mesmo caminho por onde viéramos.

Las_medulas_43.JPG

Uma fonte no caminho.

Las_medulas_44.JPG

Apanhámos então a senda de Las Valiñas para regressar ao centro da aldeia.

Las_medulas_46.JPG

Um pormenor curioso do gradeamento desta propriedade junto à igreja.

Las_medulas_47.JPG

Despedimo-nos de Las Médulas com a lua a brilhar por cima das torres.

 

Blogs Portugal