Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

Piódão - Foz d' Égua [Arganil]

13.07.14 | darasola

Piódão é uma pequena aldeia da serra do Açor que já não precisa de apresentação. Também conhecida como "aldeia presépio" é um verdadeiro postal desta zona do país e já foi conhecida como a aldeia mais portuguesa de Portugal (1980). As suas casinhas de xisto e a sua igreja alva que se destaca de entre o restante casario, tornam Piódão um local de uma beleza única em Portugal, que merece ser conhecido.

Foz d'égua não é tão conhecida, mas bastava a beleza natural de ser o ponto de encontro das ribeiras de Chãs e do Piódão, com duas pontes de pedra, para merecer a visita. No entanto, um local decidiu colocar esta aldeia no mapa com a construção de uma obra singular e difícil de descrever: desde uma ponte suspensa à "Indiana Jones", até um altar  gigante, passando por um presépio também ele gigante, a obra deste senhor cobre a encosta frente à aldeia e vale a visita.

Já tinha vindo a estes dois local e ficou a vontade de fazer o percurso que liga as duas aldeias. A oportunidade de fazê-lo surgiu novamente na companhia do grupo ANDAR, o que é sempre sinónimo de uma caminhada cheia de boa disposição. A organização optou por fazer a caminhada de forma a transformar a zona de maior desnível em descida e por isso o trajeto ainda mais fácil se tornou. Seguindo de Piódão até Foz d'Egua, acompanhamos constantemente a ribeira de Piódão, primeiro numa das encostas do vale e regressando pela encosta oposta. São aproximadamente 7 km cheios de beleza.

Ficam as fotos para ilustrar estas maravilhas:

 

Chegada ao centro da aldeia de Piódão.

Igreja de Nossa Senhora da Conceição.

A arquitectura desta capela é muito particular e pouco habitual nesta zona do país, dando-lhe ainda maior destaque. Dizem que a sua inspiração veio da distante igreja de Mértola.

Percursos pedestres, foi mesmo para isto que viemos.

Ruela típica da aldeia.

Muitas escolhas para nos levar a Foz D'Égua.

Percorrendo as belezas de xisto.

Uma imagem que parece não ser do séc. XXI.

Junto à zona da piscina na ribeira de Piódão.

Uma descida improvisada até alcançar o trilho desejado.

Vista sobre o vale.

O grupo seguindo pelo caminho na encosta.

O xisto está omnipresente.

Os locais foram moldando as encostas para retirarem o sustento da terra.

Uma pequena ponte em arco, muito engraçada.

Caminhando junto a um canal de irrigação.

O extenso grupo espalhado ao longo do trilho.

Passagem junto a esta estranha construção: um altar? umas alminhas? Possuía figuras religiosas e orações em honra dos finados.

Seguimos um pouco pela estrada até iniciarmos a descida final para Foz d'Égua.

O trilho da descida.

A opção por fazer o trilho neste sentido facilita um pouco a tarefa para quem não gosta de subidas.

Passagem por uma zona de umas casas abandonadas.

Pela janela, a vista para o altar de Foz d'Égua.

Uma perspectiva mais ampla.

A natureza em flor.

Outro pormenor religioso à chegada à aldeia.

Passando as pontes em arco sobre a ribeira de Piódão e a ribeira de Chãs.

A famosa ponte suspensa à "Indiana Jones". Convém relembrar que isto é uma propriedade privada, mas a visita é tolerada. Convém sempre lembrar que o civismo e bom senso são fundamentais para que todos possam continuar a visitar este local.

O contraste da pedra e das cores.

Não sei o nome desta flor, mas é bastante vistosa

Subindo até ao alto onde está o altar, a vista sobre Foz d'Égua é espetacular.

Outra foto do mesmo ponto de vista.

O curioso altar situado lá no alto.

Chegar ao alto é já de si penoso, por isso imagino trabalho que terá sido levar os materiais até lá para construir esta obra.

Já de regresso a Piódão.

Outra perspectiva do mesmo vale.

Chegada a Piódão.

A beleza da casa da Padaria.

Porta de entrada.

Ainda houve forças para subir da aldeia de Piódão até à capela da Nª Srª do Bom Parto e ter a melhor perspectiva sobre a aldeia.

Aspeto da capela.

A melhor perspectiva.

Abandonando a aldeia, era possível ver no horizonte a Serra a Estrela, com a zona da Torre coberta de neve, isto a poucos dias da chegada oficial do verão.

 

Ficha técnica: 

Distância: cerca de 7 km

Tempo: 2h30 (+/-)

Tipo: circular

Dureza física

Dificuldade técnica

Beleza do Percurso

Marcação: n/a

Informações sobre o percurso: n/a

Outros sites de relevo: n/a 

Panfleto oficial: n/a

Trilho GPX: Wikiloc darasola (em breve)

Ponto positivos: As casas de Piódão, a Igreja de Piódão, as pontes de Foz d'Égua e os seus altares.

Pontos negativos: n/a

Blogs Portugal

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.