Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

Ponte suspensa 516 Arouca

02.05.21 | darasola

Polémica, controversa, odiada por uns, elogiada por outros... Ame-se ou odeie-se, a maior ponte suspensa do mundo está aí.

516ARC_06.JPG

A 516 Arouca é constituída por gradis e cabos de aço, com 516 metros de vão, 1,20 metros de largura e 175 metros de altura acima do rio Paiva. Uma obra única que fica na envolvente dos Passadiços do Paiva, junto à cascata das Aguieiras. A maior ponte pedonal suspensa do mundo liga as duas margens, 175 metros acima do rio Paiva.

516ARC_01.jpg

Esta ponte foi criada como complemento à atração dos Passadiços do Paiva, contudo não é obrigatório percorrê-la e pode-se desfrutar destas atrações separadamente. Os bilhetes são separados.

516ARC_02.JPG

A entrada pode fazer-se do lado de Alvarenga (meeting point 40°57’59.2″N; 8°10’21.2″W) e neste caso o estacionamento aconselhado é no largo da feira local (40°58’11.1″N 8°09’26.1″W). A partir daí existe um trilho marcado com a sinalética habitual dos percursos pedestres que leva até à entrada nascente da ponte.

516ARC_03.JPG

No meu caso, optei pela entrada do lado de Canelas. O parque de estacionamento recomendado é o mesmo dos passadiços do Paiva no Areinho (40°57’10.2″N 8°10’35.1″W) e o ponto de encontro é junto às bilheteiras de entrada dos Passadiços (40°57’38.2″N 8°10’31.3″W).

516ARC_04.JPG

Depois de validado o bilhete e medida a temperatura a cada visitante, seguimos acompanhados por um guia que nos vai explicando as caraterísticas e particularidades da ponte, bem como aspetos relevantes da fauna, flora e geologia da zona.

516ARC_07.JPG

E lá vamos nós...

516ARC_08.JPG

Vista sobre o cimo da escadaria dos Passadiços do Paiva na garganta do Paiva.

516ARC_09.jpg

Parece uma vista de drone, mas não é.

516ARC_10.JPG

A curvatura da ponte é impressionante, criando um efeito de "túnel". Apesar da altura e do comprimento, é muito estável e pouco abana.

516ARC_11.jpg

Ainda assim, olhar para baixo é uma desafio para quem tem vertigens. Lá em baixo, 175 metro abaixo, corre o Paiva.

516ARC_12.JPG

Podemos observar os Passadiços serpenteando pela encosta da margem esquerda do rio.

516ARC_13.JPG

E chegamos ao outro lado, ao lado de Alvarenga. O tamanho dos pilares impressiona e leva a pensar nos desafios do ponto de vista da arquitetura e engenharia que tiveram de ultrapassar.

516ARC_14.JPG

A perspetiva geral da ponte na orientação Este/Oeste.

516ARC_15.JPG

A travessia implica cruzarmo-nos com outras pessoas e não é possível manter um distanciamento aceitável, por isso há-que ter os devidos cuidados. Apesar do controlo de temperatura na entrada, há-que ser consciente e não ir a este (ou qualquer outro local) se estiver com algum sintoma suspeito.

516ARC_16.JPG

Simetrias e cruzamentos. O projeto inicial de construção da ponte não incluía tantos cabos, mas foi necessário reforçar a rigidez da estrutura com estes cabos superiores cruzados para atenuar o balanço da ponte. Diria que o resultado é impressionante, pois apesar de não haver muita gente em cima da ponte quando fiz a visita para testar em condições mais extremas, a ponte revelou-se muito estável e pouco (ou nada) mexia. Os amantes de emoções fortes podem ficar um pouco desiludidos.

516ARC_17.JPG

O site oficial de reservas é o https://516arouca.pt. Lá podem encontrar todas as informações necessárias sobre a ponte, mas também sobre os acessos e as bilheteiras. Recordo que a marcação/reserva de bilhetes antecipada é obrigatória, pois não há venda de bilhetes no local. O preço para adultos é de 12€ e para crianças é de 10€. Existem também pack de grupo/família, mas para todos os detalhes consulte o site oficial.

Powered by Wikiloc

Boas visitas e boas caminhadas,

darasola

 

Blogs Portugal