Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

Rota do Gaia - PRM2 - Oliveira de Frades

25.09.16 | darasola

A rota do Gaia (PRM2) é mais uma proposta do concelho de Oliveira de Frades para convidar a descobrir os encantos da região. O percurso tem como principal motivo de interesse as zonas junto às margens do rio Gaia, onde as paisagens verdejantes e as pequenas quedas de águas são cenários constantes. O percurso inicia-se junto à antiga estação de comboio de Arcozelo das Maias, na extinta linha do Vouga. O local foi restaurado e reconvertido para uso de uma associação local. Daí, segue-se pelos campos rurais que rodeiam a aldeia e vamos descendo por caminhos florestais em direção ao Castro da Coroa até alcançarmos as zonas mais baixas por onde corre o rio. Foram construídas algumas travessias em pontes de madeira para cruzarmos as linhas de água e isso acaba por ser mais um motivo de interesse ao percurso. Confesso que as expectativas eram elevadas relativamente a este percurso, especialmente depois de ter percorrido o Trilho das Levadas (PRM1), uns tempos antes. Devo dizer que não foram defraudadas relativamente às paisagens e à beleza do percurso, no entanto achei o traçado confuso. Apesar de haver bastante sinalética, nalguns pontos torna-se confusa e pouco eficaz, em especial na parte do trilho que liga ao troço interpretativo do Gaia. O percurso apesar de circular, tem 3 zonas realmente circulares e outra linear de ligação a essa parte do trilho interpretativo do Gaia. Para além disso, o corte de árvores nessa zona causou alguma desorientação e fez-me perder cerca de um quarto de hora a tentar encontrar o caminho certo. É algo a rever porque a parte do percurso interpretativa é muito bonita com a passagem junto à ponte da estrada nacional, aos moinhos e à ponte das coifas da estrada real. O regresso até Arcozelo das Maias faz-se a subir até alcançar o troço da linha de comboio que nos leva até às ruelas da aldeia e finalmente voltar ao ponto de partida. 

Rota_do_Gaia_01.JPG

Estação de Arcozelo das Maias

Rota_do_Gaia_02.JPG

Painel do percurso onde se vê claramente o estranho formato do trilho.

Rota_do_Gaia_03.JPG

Descendo pelos campos para atravessar a estrada nacional.

Rota_do_Gaia_04.JPG

Rota_do_Gaia_05.JPG

A primeira queda de água (pequenina) do percurso.

Rota_do_Gaia_06.JPG

Ponte de madeira improvisada.

Rota_do_Gaia_07.JPG

Rota_do_Gaia_08.JPG

A zona da queda de água na foz da Ribeira da Lavandeira - a mais bonita do percurso.

Rota_do_Gaia_09.JPG

Myself

Rota_do_Gaia_10.JPG

Seguindo pelas margens do rio.

Rota_do_Gaia_11.JPG

Rota_do_Gaia_12.JPG

Rota_do_Gaia_13.JPG

Passagens de madeira na zona dos moinhos.

Rota_do_Gaia_14.JPG

Rota_do_Gaia_15.JPG

Os dois percursos da Rota dos Rios e Levadas e a Rota do Gaia cruzam-se e não convém enganar-se e seguir pelo trilho errado.

Rota_do_Gaia_16.JPG

Moinho em ruínas.

Rota_do_Gaia_17.JPG

Rota_do_Gaia_18.JPG

As paisagens são realmente fantásticas, com o constante correr do rio.

Rota_do_Gaia_19.JPG

Seguir pelo PRM2!

Rota_do_Gaia_20.JPG

Antiga casa em ruínas. A julgar pelos socalcos, a zona devia ser alguma quinta agrícola há décadas atrás.

Rota_do_Gaia_21.JPG

Lindo! Deixo-vos várias fotos para ilustrar a beleza do Gaia.

Rota_do_Gaia_22.JPG

Rota_do_Gaia_23.JPG

Rota_do_Gaia_24.JPG

Rota_do_Gaia_25.JPG

Rota_do_Gaia_26.JPG

Rota_do_Gaia_27.JPG

O percurso leva-nos a subir o rio até voltar à estrada nacional, onde temos mesmo de subir à estrada...Rota_do_Gaia_28.JPG

para atravessá-la junto a este fontanário...

Rota_do_Gaia_29.JPG

e à ponte sobre o Gaia.

Rota_do_Gaia_30.JPG

Aí, encontramos o percurso interpretativo do Gaia, que aparentemente é anterior a este PRM, mas que acabou por ser integrado no mesmo.

Rota_do_Gaia_31.JPG

A descida para a zona dos moinhos.

Rota_do_Gaia_32.JPG

O local é de uma verdura luxuriante.

Rota_do_Gaia_33.JPG

Nova travessia

Rota_do_Gaia_34.JPG

A vista para a imponente ponte da estrada nacional. De cima, não parece tão alta.

Rota_do_Gaia_35.JPG

Rota_do_Gaia_36.JPG

Ao longo do percurso interpretativo, encontrámos painéis informativos sobre a fauna, a flora e outros motivos de interesse do Gaia.

Rota_do_Gaia_37.JPG

Rota_do_Gaia_38.JPG

Um verdadeiro postal!

Rota_do_Gaia_39.JPG

Rota_do_Gaia_40.JPG

Depois da zona deste sinal, entrei numa área recentemente cortada e foi aí que andei um pouco perdido. Felizmente depois de tentar algumas hipóteses, voltei ao caminho certo.

Rota_do_Gaia_41.JPG

Rota_do_Gaia_42.JPG

Travessia para a outra margem na ponte de Coifas.

Rota_do_Gaia_43.JPG

Sinalética do percurso interpretativo do Gaia.

Rota_do_Gaia_44.JPG

Ponte de Coifas e trajeto da antiga estrada real.

Rota_do_Gaia_45.JPG

Esta zona do percurso deve provavelmente estar alegada no inverno e época de chuvas.

Rota_do_Gaia_46.JPG

Algumas marmitas de gigantes no leito do rio.

Rota_do_Gaia_47.JPG

O regresso faz-se novamente pela ponte sobre a nacional.

Rota_do_Gaia_48.JPG

Depois de seguir pela margem do rio, voltamos a subir até à estrada...

Rota_do_Gaia_49.JPG

e entrar na linha do Vouga...

Rota_do_Gaia_50.JPG

que nos leva de regresso a Arcozelo das Maias.

 

Ficha técnica: 

Distância: cerca de 7 km

Tempo:  2 (+/- com paragens para fotos e almoço)

Tipo: circular

Dureza física: 3/5  não aconselhável durante as épocas de maior chuvas

Dificuldade técnica: 3/5

Beleza do Percurso: 5/5

Marcação: 3/5 (pela confusão na zona do Percurso interpretativo do Gaia)

Informações sobre o percurso: n/a

Outros sites de relevo: n/a

Panfleto oficial: n/a

Trilho GPX: n/a

Ponto positivos: a beleza das ribeiras e quedas de água, vegetação

Pontos negativos: o problema das marcações

Blogs Portugal

1 comentário

Comentar post