Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

darasola

Percursos pedestres, caminhadas, pedestrianismo, trekking, trilhos, aventuras, viagens, passeios e descobertas!

Viagem darasola - Krka National Park - Skradinski Buk - Croácia

06.07.18 | darasola

A Croácia foi um destino inesperado, mas pouco a pouco o desejo de conhecer este país banhado pelo Mar Adriático com as suas águas azul turquesa foi se fixando na nossa mente. O feed-back que íamos recebendo deste país era francamente positivo e lá se foi construindo um roteiro para conhecer a nação com um nome muito estranho: Hrvatska.

Um dos objetivos da ida à Croácia era conhecer os seus fabulosos parques, principalmente o Parque Nacional de Plitvice, mas ficará para o post seguinte, pois antes de conhecermos Plitvice, fomos conhecer o Parque Nacional de Krka. A cerca de 15 km da cidade de Sibenik, este enorme parque com cerca de 109 km2 situa-se ao longo do rio Krka. A principal atração e destino da maior parte dos visitantes é a famosa queda de água Skradinski Buk, na verdade é mais uma sucessão de quedas de água, com águas turquesa transparentes.

A entrada nesta zona do parque é fechada e custa cerca de 110 kunas croatas (cerca de 15 €) na época alta. Chegados ao Parque de estacionamento do parque, podemos apanhar um autocarro que nos leva até ao início do trilho circular que nos permite descobrir a zona que circunda Skradinski Buk... ou então podemos seguir a pé por um pequeno trilho (875 m) por um bosque agradável até ao mesmo local onde nos leva o autocarro.

Krka_01.jpg

Krka_02.jpg

Optámos pelo trilho.

Krka_03.jpg

Krka_04.jpg

Krka_05.jpg

Na descida, conseguimos ver o curso do rio Krka a jusante.

Krka_06.jpg

Na entrada da zona das quedas de água, encontramos o painel onde o percurso pedestre está assinalado (a amarelo no mapa) e tem cerca de 1900 m.

Krka_07.jpg

Ao longo do curso do rio, existem vários moinhos, como o da foto acima (reconvertido em café/loja de souvenirs), que encontramos junto ao início do percurso.

Krka_35.jpg

Krka_08.jpg

O percurso faz-se praticamente sempre em cima de um passadiço, não só para permitir atravessar as várias zonas alagadas, mas também para proteger a zona do impacto da passagem de milhares de turistas.

Krka_09.jpg

As águas translúcidas revelam centenas de peixes.

Krka_10.jpg

O percurso apesar de simples tem vários declives e não é aconselhável a pessoas com mobilidade reduzida, nem a pessoas com carrinhos de bebé.

Krka_11.jpg

As vistas sobre a a lagoa a partir de um dos primeiros miradouros ao longo do percurso.

Krka_12.jpg

A cor das águas é simplesmente incrível.

Krka_13.jpg

O rio Krka corre ao longo de 17 quedas de água naturais numa distância de cerca de 800 m, que variam entre 200 e 400 m de largura, para formar a Skradinski Buk. É indubitavelmente uma das maravilhas naturais da Croácia e vale sem sombra de dúvida a visita.

Krka_14.jpg

Krka_15.jpg

Krka_16.jpg

Apesar de estarmos no final da época alta, ainda encontrámos muitos visitantes, mas sem grandes confusões.

Krka_17.jpg

Apesar de ser um destino turístico de massas, o local ainda se encontra muito bem preservado.

Krka_18.jpg

A vista de um outro miradouro sobre a ponte que atravessa frente à principal queda de água.

Krka_19.jpg

Os edifícios em pano de fundo são de uma antiga central hidroelétrica, cuja história está intimamente ligada ao génio Nikola Tesla e ao facto pioneiro de Sibenik ter sido uma das primeiras cidades da Europa a ter iluminação elétrica pública, antes de cidades como Londres, Roma, Viena ou Budapeste.

Krka_20.jpg

Krka_21.jpg

A água corre por todos os lados.

Krka_22.jpg

Na cota mais baixa do percurso, conseguimos finalmente perceber a imponência da queda de água principal.

Krka_23.jpg

Apesar do tempo estar coberto, a beleza do local é inesquecível.

Krka_24.jpg

 O cisne aproveitava as águas calmas ao fundo da cascata.

Krka_25.jpg

Krka_26.jpg

A sinalética proíbe ir a banho, no entanto ainda vimos várias pessoas a fazerem-se à água, já que há uma zona no meio da lagoa onde é permitido fazê-lo. Contudo, não vá com esperanças de poder fazê-lo debaixo da cascata: um cordão impede a passagem, pois é proibido.

Krka_27.jpg

Krka_28.jpg

De cimo da ponte, a vista para a queda de água principal é esta.

Krka_29.jpg

Mais uma obra de arte da mãe natureza!

Krka_30.jpg

Aspeto da travessia e da concentração de pessoas na zona mais concorrida.

Krka_31.jpg

O barulho da água é ensurdecedor.

Krka_32.jpg

O trilho começa a subir e permite-nos observar de uma outra perspetiva o topo da queda de água.

Krka_33.jpg

A vegetação em redor do rio é luxuriante.

Krka_34.jpg

Uma curiosidade: a miniatura da área da Skradinski Buk.

Como ir:

O parque nacional de Krka cobre uma área enorme, mas para conhecer a zona da Skradinski Buk, o melhor é ficar alojado em Sibenik, pois a cidade situa-se a cerca de 15 km da entrada desta atração. A vila de Sibenik tem vários pontos de interesse no seu centro histórico que justificam a estadia por pelo menos uma noite.

Site oficial:

http://www.np-krka.hr/en/

 

Blogs Portugal